Quarta-feira, 9 de Julho de 2008

Consegue ver a Diferença??

 

                   

                

publicado por violenciasnosidosos às 19:13

link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
|
Domingo, 6 de Julho de 2008

Direitos Dos Idosos

 Todos temos os nossos direitos...

 

Independência:                                                                                                
Ter acesso à alimentação, à água, à habitação, ao vestuário, à saúde, a apoio familiar e comunitário.
Ter oportunidade de trabalhar ou ter acesso a outras formas de geração de rendimentos.
Poder determinar em que momento se deve afastar do mercado de trabalho.
Ter acesso à educação permanente e a programas de qualificação e requalificação profissional.
Poder viver em ambientes seguros adaptáveis à sua preferência pessoal, que sejam passíveis de  mudanças.
Poder viver em sua casa pelo tempo que for viável.
Participação:
Permanecer integrado na sociedade, participar activamente na formulação e implementação de políticas que afectam directamente o seu bem-estar e transmitir aos mais jovens conhecimentos e habilidades.
Aproveitar as oportunidades para prestar serviços à comunidade, trabalhando como voluntário, de acordo com seus interesses e capacidades
Poder formar movimentos ou associações de idosos.
Assistência:
 Beneficiar da assistência e protecção da família e da comunidade, de acordo com os seus valores culturais.
 Ter acesso à assistência médica para manter ou adquirir o bem-estar físico, mental e emocional, prevenindo a incidência de doenças.
 Ter acesso a meios apropriados de atenção institucional que lhe proporcionem protecção, reabilitação, estimulação mental e desenvolvimento social, num ambiente humano e seguro.
Ter acesso a serviços sociais e jurídicos que lhe assegurem melhores níveis de autonomia, protecção e assistência.
Desfrutar os direitos e liberdades fundamentais, quando residente em instituições que lhe proporcionem os cuidados necessários, respeitando-o na sua dignidade, crença e intimidade. Deve desfrutar ainda do direito de tomar decisões quanto à assistência prestada pela instituição e à qualidade da sua vida.
Auto-realização:
Aproveitar as oportunidades para o total desenvolvimento das suas potencialidades.
Ter acesso aos recursos educacionais, culturais, espirituais e de lazer da sociedade.
 • Dignidade:
 Poder viver com dignidade e segurança, sem ser objecto de exploração e maus-tratos físicos e/ou mentais.
Ser tratado com justiça, independentemente da idade, sexo, raça, etnia, deficiências, condições económicas ou outros factores.

 

 

(Segundo a ONU)

 

publicado por violenciasnosidosos às 23:16

link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito
|
Sábado, 5 de Julho de 2008

Notícia de Abril de 2008

JUNTAS DE FREGUESIA PODEM TER PAPEL IMPORTANTE

 

Violência contra idosos é prioridade para o Ministério Público

 

A violência contra idosos foi um dos temas da reunião de ontem do Procurador-Geral da República (PGR) com os quatro Procuradores-Gerais distritais e outros responsáveis do MP. 

O gabinete de imprensa da Procuradoria adiantou à Agência Lusa que se tratou da primeira reunião mensal do género, depois do PGR, Pinto Monteiro, ter decidido, com o apoio dos Procuradores-Gerais distritais, da necessidade de se realizarem reuniões mensais para analisar questões relacionadas com o MP. A investigação sobre a violência sobre idosos tornou-se uma das prioridades para o Ministério Público. 

Além de Pinto Monteiro e dos quatro procuradores-gerais distritais, participaram na reunião o vice-PGR, Mário Dias Gomes, a directora do Departamento Central de Investigação e Acção Penal (DCIAP), Cândida Almeida, os quatro directores dos Departamentos de Investigação e Acção Penal (DIAP) e alguns membros do gabinete do PGR. 

Além dos assuntos que foram suscitados pelos intervenientes na reunião (não é de excluir o caso da violência escolar), pretendia-se discutir neste primeiro encontro sobre idosos, a cooperação entre o Ministério Público e os demais intervenientes na área da Justiça e a informática.

 Recentemente, Pinto Monteiro sublinhou que «há mais de um ano que o Ministério Público vem alertando para a prioridade da investigação da violência», especificamente nas escolas e nos hospitais e sobre mulheres e idosos. 

Quanto à violência sobre idosos, o PGR sublinhou que se tratam de vítimas que «não têm voz», esclarecendo que «tem sido feito um esforço pelas (procuradorias) distritais (do Ministério Público)» para apurar os casos de agressão a idosos. 

Pinto Monteiro destacou que as juntas de freguesia podem ter um papel importante nestes casos de violência contra idosos, participando as situações ao Ministério Público. 

Este tipo de reuniões mensais, instituídas pelo PGR e que ontem tiveram a sua estreia já estão agendadas até Agosto.

 

 

in As Beiras, 2 de Abril de 2008,

http://www.adfp.pt/sartigo/index.php?x=2513

 

publicado por violenciasnosidosos às 16:43

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 4 de Julho de 2008

Notícia

Actos de violência física e psíquica
APAV recebeu no ano passado 347 queixas de idosos vítimas de violência 
13.06.2006 - 11h33 Lusa
A Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV ) recebeu no ano passado 347 queixas de idosos vítimas de violência física e psíquica praticada pela família, número que nos últimos cinco anos atingiu 2484 crimes.

"Estes números são um pálido reflexo da realidade", disse à Lusa José Félix da Silva, da APAV, adiantando que "não reflectem o que realmente acontece", uma vez que muitos dos idosos "não denunciam a situação" por "medo, vergonha ou por falta de informação".

De acordo com a APAV, todos os dias milhares de idosos são vítimas de violência física, psíquica e financeira por parte dos familiares e das instituições que lhes prestam cuidados, situação "pouco reconhecida" e que "continua a ser um tabu".

Para alertar a sociedade para estes crimes a Rede Internacional de Prevenção contra as Pessoas Idosas, da qual a APAV faz parte, instituiu o dia 15 de Junho como o primeiro dia anual de alerta sobre a violência contra as pessoas idosas.

Os dados da APAV revelam igualmente que no ano passado 282 mulheres foram vítimas de violência e 63 homens receberam maus tratos.

Em 2005, a maioria dos idosos com mais de 65 anos foi sujeita a maus tratos físicos (217) e psíquicos (225) praticados em casa pelos companheiros (128) ou pelos filhos (101). Nos últimos cinco anos, a APAV recebeu 2484 denúncias de maus tratos contra pessoas idosas e foi em 2001 que se registaram mais queixas (477).

Estes dados são recolhidos em Lisboa e Porto, mas, segundo a APAV, esta realidade está presente também nas zonas rurais.

De acordo com a APAV, a prevenção e o combate à violência contra as pessoas idosas é um dos maiores desafios que se coloca às sociedades envelhecidas, como é o caso da portuguesa, exigindo "um esforço" por parte do Governo e das organizações não governamentais.

O primeiro dia anual de alerta sobre a violência contra as pessoas idosas pretende ainda aumentar o conhecimento sobre a violência contra as pessoas idosas e colocar as pessoas em alerta para este problema.

In Publico,

http://ultimahora.publico.clix.pt/noticia.aspx?id=1260809&idCanal=

 

publicado por violenciasnosidosos às 20:37

link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
|

Reportagem feita na RPT em 2007

Reportagem RPT

http://ww1.rtp.pt/noticias/index.php?headline=98&visual=25&article=337697&tema=27

 

publicado por violenciasnosidosos às 20:21

link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|

Instituições que Ajudam as vitimas de Violência

Associação Portuguesa de Apoio à Vitima

 É uma organização sem fins lucrativos e de voluntariado, que apoia, de forma individualizada, qualificada e humanizada, vítimas de crimes, através da prestação de serviços gratuitos e confidenciais.
Possuem um alinha telefónica de informação e apoio a vítimas – 707200077

 

Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género (CIG)

É uma instituição governamental para a promoção da igualdade e direitos e oportunidades das mulheres. Possuem um gabinete de informação e consulta jurídica e uma linha verde de informação a vítimas de violência doméstica – 800202148

 

PSP / GNR

Estão disponíveis 24 horas por dia, todos os dias da semana. Recebem as queixas e encaminham para instituições de apoio e hospitais. Dirigem-se á residência da vítima quando recebem uma chamada, com pedido de ajuda.
GNR de V.N.Famalicão: 252 323 281
PSP de V.N.Famalicão: 252 373 375

 

Tribunal / Ministério Público

Cabe ao Ministério Público dar sequência ao processo de uma queixa e adoptar medidas de protecção das vítimas.

 

Instituto de Medicina Legal – As vítimas devem dirigir-se ao IML para realizar exames médico-legais que constituirá como prova importante no processo. Estas delegações recebem igualmente as queixas-crime.

 

Linha Nacional de Emergência Social

Dirige-se a todo o cidadão em situação de Emergência Social (pessoas vítimas de violência doméstica; crianças e jovens em perigo; pessoas em situação de sem-abrigo; idosos em situação de abandono).

É um serviço gratuito, de âmbito nacional, que funciona 24 horas por dia, 365 dias por ano - 144

 

Linha do Cidadão Idoso da Provedoria de Justiça

Esta linha pretende divulgar junto das pessoas idosas informação sobre os seus direitos e benefícios em diversas áreas. Funciona todos os dias úteis das 09h00 às 17h00 existindo um gravador de chamadas fora deste horário. A chamada é gratuita - 800 20 35 31

 

 

publicado por violenciasnosidosos às 17:28

link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|

Sinais de Alerta

Apesar da Violência contra os idosos ser complicada de diagnosticar existem alguns sinais aos quais podemos estar atentos, como:

  • Disparidade na explicação dada pela vítima e pelo abusador suspeito
  • Explicação não plausível para a lesão
  • Dados laboratoriais não congruentes com a História relatada
  • Hematomas, fracturas, lacerações nao explicadas
  • Apatia, depressão ou agravamento de demência
  • Lesões em vários estados de cura
  • Fraca adesão ao regime médico instituído
  • Higiene oral e higiene pessoal precárias
  • Perda de peso, má-nutrição
publicado por violenciasnosidosos às 17:05

link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|

Factores de Risco

Existem alguns factores de Risco que contribuem para que seja vitima de violência, como:

  • Idade Avançada
  • Escassos Recursos Económicos
  • Baixos Rendimentos
  • Condições de salubridade precárias
  • Isolamento Social
  • Nível sócio-económico reduzido
  • Reduzido nível educacional
  • Debilidade Funcional
  • Alterações psicológicas e personalidade patológica
  • Limitação cognitiva
  •  

publicado por violenciasnosidosos às 16:59

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

Tipos de Violência exercidas contra os Idosos

 Violência Física

É qualquer forma de agressão física, como golpes, queimaduras, fracturas, administração abusiva de medicamentos ou toxicos.

Violência Psicológica

Conduitas que podem resultar em lesão psicológica, como manipulação, intimidação, ameaças, humilhações, chantagem afectiva, desprezo ou privação do poder de decisão.

 

 

Negligência

É a não satisfação das necessidades básicas, nomedamente, negação de alimentação, negação de cuidados de higiéne, negação de habitabilidade, segurança e tratamentos médicos.

 

 

Abuso emocional ou abandono

 Que passa pela negação de afecto, falta de comunicação e isolamento.

 

 

Abuso Financeiro

Designadamente, impedimento do uso e controlo do seu Dinheiro, exploração financeira e exploração económica.

 

 

Violência Sexual

Qualquer tipo de actividade sexual nao consentida ou, quando se trata de um idoso incapaz de dar o seu consentimento, como os idosos acamados.

publicado por violenciasnosidosos às 16:26

link do post | comentar | ver comentários (10) | favorito
|

Violência e a Terceira Idade

Segundo a OMS ( Organização Mundial de Saúde), pode-se afirmar que o aumento do número de idosos pode agravar as situações de violência, pois existe uma ruptura de laços tradicionais entre gerações e também devido a pouca capacidade de dar resposta a este aumento por parte dos serviçoes de proteção social.

publicado por violenciasnosidosos às 15:48

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

O que é a Violência?

  Podemos definir Violência como um comportamentoadoptado por uma pessoa, com o intuito de causar danos em outras pessoas. Mas não podemos confundir Força com Violência. Enquanto que força é designa a energia ou a firmeza de algo, a violência corresponde a uma acção corrupta e impaciente, baseada na ira, agredindo outra pessao sem razão lógica ou racional.

 

 

publicado por violenciasnosidosos às 15:37

link do post | comentar | favorito
|

O que é o Envelhecimento?

    O envelhecimento é um processo Natural, que advém  da evolução degenerativa das células vivas e que acontece a cada vez mais pessoas. Pensar que envelhecemos é, por norma, difícil para a maioria das pessoas, mas se formos capazes de reconhecer que estamos mais velhos e agirmos no sentido de tomar medidas preventivas ja é um factor já é um factor importante para termos uma velhice com maior qualidade.

 

    Em Portugal, depois dos 65 anos, o envelhecimento é uma realidade e a melhor forma de o encararmos é aceitarmos a nossa condição e construir condições para termos e enfrentarmos esta nova fase de vida com optimismo.

 

publicado por violenciasnosidosos às 15:30

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quarta-feira, 2 de Julho de 2008

Violência contra os mais velhos, Um lado escondido!

 Ola, chamo-me Sara Martins e sou aluna do Curso Tecnológico de Acção Social.

Decidi criar este blog, devido à minha àrea de específicaçao no curso, Apoio social,  e devido à problemática da violência contra os mais velhos, que embora ainda seja escondida aos olhos de todos, existe! 

Este blog nasceu com o intuíto de dar visibilidade a este problema social  e também abrir um espaço de discussão sobre o tema, apartir deste texto públicado.

Servirá para resposder a questões ligadas ao tema, pois todas as perguntas vão ser respondidas!

Para fazer as suas questões só tem que clicar no item que diz "comentar" e deixar a sua dúvida,que será respondida pela autora do blog no mesmo sitio.

Devido à importancia do blog peço a todos a colaboração tanto para comentar e deixar as vossas dúvidas como também peço a todos que divulguem o site...

 

publicado por violenciasnosidosos às 02:04

link do post | comentar | ver comentários (18) | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Consegue ver a Diferença?...

. Direitos Dos Idosos

. Notícia de Abril de 2008

. Notícia

. Reportagem feita na RPT e...

. Instituições que Ajudam a...

. Sinais de Alerta

. Factores de Risco

. Tipos de Violência exerci...

. Violência e a Terceira Id...

.arquivos

. Julho 2008

.tags

. todas as tags

.subscrever feeds

blogs SAPO